Bootcamps para jovens técnicos estão a surgir por todo lado. Cursos intensivos de programação, com duração de alguns dias a meses, seja on-line ou em salas de aula físicas, visam aproximar os alunos da linguagem de programação escolhida mais rapidamente.

Eles prometem experiência prática, palestras relâmpago e aprendizagem intensiva, que podem levar a salários iniciais atraentes no lucrativo mundo do desenvolvimento de software.

O caminho rápido

A Escola de Ensino Acelerado em Hyderabad, na Índia, por exemplo, oferece um bootcamp de 14 semanas em tempo inteiro. O seu Programa em Desenvolvimento da Web ajuda os alunos a “dominar os fundamentos completos do JavaScript, com foco em React, NodeJS, design de banco de dados e APIs”.

Os principais elementos do curso são meta-learning, um currículo abrangente, salas de aulas fluidas, aprender por construção e professores excecionais. Os instrutores são todos criadores de software experientes que introduzem conceitos através de palestras, codificação ao vivo, palestras relâmpago e demonstrações práticas.

"Salas de aula fluídas", "palestras relâmpago" – isto é aprendizagem, estilo 2018.

De acordo com a escola, a procura de candidatos “que são apaixonados por aprender o desenvolvimento de software num ambiente colaborativo, imersivo e acelerado”. “Imersivo” e “acelerado” são as palavras-chave aqui. Se não está preparado para trabalhar arduamente em tecnologia, esta poderá não ser a carreira para si.

Experiência prática

Em agosto de 2018, ocorreu um curso semelhante, quando um bootcamp de uma semana, em tempo inteiro, do React, Redux, GraphQL foi realizado em Londres. O bootcamp anunciava-se como oferecendo “aprendizagem extremamente rápida e intensa”.

Durante um período de sete dias, técnicos especializados e mentores trabalharam ao lado de bootcampers para dominar o ecossistema React, a fim de qualificarem-se para trabalhar como especialista em React.

A Reed UK - parte de uma das maiores agências de emprego do mundo - comentou: “Muitos bootcamps de programação são preparados para serem práticos. Então, em vez de gastar muito tempo em palestras, irão testar as suas capacidades numa série de exercícios práticos.

"Com o setor a crescer em 150% e com salários iniciais médios de £ 30.000 + para pessoas que desenvolvem a Web, nunca existiu um momento melhor para entrar na programação".

Sem emprego, sem remuneração

Estes cursos intensivos estão a proliferar tão rapidamente que a cio.com produziu recentemente uma lista do top 10 bootcamps de programação. O número um na sua lista é a AppAcademy, um programa intensivo a tempo inteiro que dura 12 semanas. Nenhuma experiência prévia de programação é necessária. “Os alunos utilizam projetos práticos para criar aplicações em Ruby on Rails e JavaScript e aprendem os detalhes do desenvolvimento da Web num ambiente completamente imersivo.”

Curiosamente, a AppAcademy oferece um programa com deferimento de mensalidades pelo qual os estudantes pagam apenas as taxas de curso no valor de US $ 17.000 se conseguirem um emprego dentro de 12 meses após a conclusão do programa.

Crescimento sustentável?

Aqueles que dominam a programação numa ou várias linguagens durante um bootcamp geralmente são capazes de candidatar-se a um emprego imediatamente após a conclusão do curso, com salários iniciais em média de cerca de US $ 69.000. Esta é uma perspetiva atraente para alguém que quer contornar uma progressão de carreira tradicional - e lenta - por meio de uma grande organização.

Mas será que a bolha do bootcamp de programação está prestes a explodir?

No outono de 2017, a Reuters reportou que esta área estava “lotada de programas que prometiam ensinar os alunos em apenas algumas semanas as competências necessárias para serem contratados como programadores profissionais. Até agora, e só neste ano, pelo menos oito escolas fecharam ou anunciaram planos para fechar.”

A Reuters acrescentou: “Coletivamente, estes bootcamps esperam formar 23.000 alunos este ano [nos EUA e no Canadá], mais do dobro dos 10.333 alunos que se formaram em 2015.”

Se estiver interessado em aprender linguagens de programação e entrar no desenvolvimento de software - e optar por um caminho mais rápido para ganhos elevados - um bootcamp de codificação pode ser apenas o início. Mas escolha sabiamente, esteja ciente que esta área está a tornar-se cada vez mais competitiva e prepare-se para cursos intensos em estilo militar - afinal, isso é um bootcamp.

Este artigo é da última edição da revista OBSERVE da Odgers Berndtson “Talent and Potential”.

Registe-se para obter o download gratuito (Inglês)

Conhecimento

Insight

Passar o plano de talento para a sala de Administração

Tony Gaffney argumenta que os conselhos de administração deviam assumir a responsabilidade pela g...

Insight

Quebrando o armário de vidro: LGBTQ+ e a sala de administração

Globalmente, milhões de pessoas identificam-se como LGBTQ+, mas executivos que se assumiram são p...

Insight

CEOx1Day: Construir para o futuro

Jonas de Barros Carvalho partilha que foi inestimável a importância e o tempo que passou com o CE...